c-a-n-a-r-i-o:

“Podia ver a estrada a minha frente. Eu era pobre e ficaria pobre. Mas eu não queria particularmente dinheiro. Eu sequer sabia o que desejava. Sim, eu sabia. Eu queria algum lugar para me esconder, um lugar em que ninguém tivesse que fazer nada.”

Charles Bukowski

Mas não estou triste, e tampouco alegre, não estou sentindo nada. Pode jogar água fervendo no meu peito, eu não vou gritar.

Martha Medeiros.  

/before